A Dor e o luto nos cuidados paliativos pediátricos são muitos complicados. Os prestadores de cuidados e as próprias crianças sentem a dor e a perda e ambas têm de ser eficazmente geridas. Uma gestão incorreta desta fase na vida de uma criança e/ou das famílias pode conduzir a problemas psicológicos a longo prazo.